• Spotify ícone social
  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram
  • Dennis Souza

Batman vs Superman – Não Seja Maria Vai Com os Hypers

Uau! Alguém segura esse hype que ele tá louco!

Diga o que quiser, mas Batman v Superman: A Origem da Justiça conseguiu dividir opiniões de uma forma que Guerra Civil jamais fará. Mas será que esse maremoto de opiniões extremas, muitas vezes fundada em coisa alguma, faz bem?


Vem cá viajar comigo numa história.

Imagine que só existem duas filas no mundo e você precisa estar em uma delas. A dos que amaram Batman v Superman e a dos que odiaram. Em qual você quer ficar?

Pois bem. Lá está você, todo pimpão ou pimpona com os outros hypers. Tu tá na onda, parça. Bora causar com a fila ao lado:

“Ain, como assim alguém pode não gostar dessa maravilha!?” “Ain, manda alguém dizer pro Snyder que ele não sabe dirigir filme de herói!” “Ain, Batman v Superman é uma B@st&, SIM! Até eu faria melhor!” “Ain, BvS > qualquer filme da Marvel!”

E assim, nesse ain, ain, ain, você passa os dias defendendo suas opiniões como quem defende o próprio ouro. Mostrando paixão e fundamentando seus argumentos com ironia, criatividade e grandiosa inteligência superior.

Agora imagine que o tio aqui lhe entrega uma caixinha dourada. Dentro dela há uma chave. E alerto:

– Cuidado! Se você enfiar essa chave na orelha e girar, vai passar o resto da vida pensando com a própria cabeça. E não há nada mais anti hype que isso!

Ignorando o aviso (porque é rebelde), você soca a chave no ouvido e dá ignição.

É então que a mágica começa.

Sua mente se contorce ao se deparar com um universo muito, mas muito maior que se esperava. Suas percepções se expandem a níveis quânticos e a sensação é tão maravilhosa quanto terrível. Tanta informação para dominar, tantos pontos de vista para considerar…

Os dias passam e você percebe que está cada vez mais difícil fazer parte da hype. Simplesmente não consegue mais concordar com aquele post divertidinho, mas bastante equivocado sobre como e quem deveria interpretar o Alfred. Tenta elaborar uma boa resposta, levando em conta todo o seu conhecimento em cinema… Não consegue. Precisa estudar mais. E quanto mais estuda, quanto mais desenvolve seu senso crítico, mais perguntas difíceis te afrontam.

Por que não gostei de tal filme? Por que gostei? O que há de bom nos filmes que não gostei? O que há de ruim nos que gostei? Como faria diferente e por quê?

Muitas horas são dedicadas para responder esse agitado mar de perguntas. E num piscar de olhos, mais um hype passou e você não viu.

🙁

Ninguém soube sua opinião. Ninguém riu das suas ironias. Ninguém concordou ou discordou de você. Mundo cruel? Não para você que agora é líder de si! Não para você que descobriu um multiverso de possibilidades que estão além da sua opinião!

Agora você não opina, mas resenha. Agora você não acha, mas sabe. Agora você não segue, mas é seguido(a).

Welcome to the real world, Neo. Ok. Brincadeiras à parte, vamos concluir essa viagem aqui. Você pode ter opinião sobre o que quiser. Pode mesmo. Mas já que faz questão de expor o que pensa, tente dizer o que ainda não foi dito. Tente olhar para onde ninguém está olhando. Traga um arsenal de informações e proponha novos questionamentos. Saia da esfera: Tal coisa é uma porcaria, porque é e pronto.

Achou Batman v Superman ruim? Liste seus motivos, compare as opiniões de quem entende. Achou o filme bom? Faça a mesma coisa. Começando aqui nos comentários. 😉

#BatmanvSuperman #Hype #Warner

0 visualização0 comentário
Design sem nome (63).png
  • White YouTube Icon
  • White Facebook Icon
  • White Twitter Icon
  • White Instagram Icon