• Spotify ícone social
  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram
  • Dennis Souza

Os Produtores | Musical da Broadway Volta ao Brasil Após 10 Anos

A estreia nas últimas semanas do grande sucesso “Os produtores”, veio para consolidar de vez uma tendência no teatro musical no Brasil: os revivals!

Segundo Miguel Falabella, ator, diretor e idealizador do musical, embora Os produtores tenha voltado à cena como uma homenagem aos 10 anos da sua primeira temporada no país, essa será mesmo uma constante à partir de agora, e a explicação é menos glamurosa do que os holofotes e danças animadas que estão sempre relacionadas a esse gênero teatral indicariam. A crise econômica que o país vive atinge a todos os setores, inclusive o teatro, e até o mesmo o, até então intocado, teatro musical. Grandes produções que fizeram muito sucesso como “Os miseráveis”, “A noviça rebelde”, e em breve “O fantasma da Ópera”, estão tendo uma segunda chance nos palcos paulistas.

Os produtores, ao contrário dos grandes clássicos da broadway, embora tenha sua importância, ainda não é um marco, como o Fantasma da Ópera, ou a saga de Fantine, baseada no clássico de Victor Hugo. Ainda assim foi o maior sucesso de público e crítica de Falabella.

Único do elenco original, dessa vez temos como Ulla a atriz Daniélle Winits, que seria a dona do personagem na primeira montagem, mas não pode realizar o projeto ao se descobrir grávida. Dez anos depois, o público que antes acompanhou a saga da voluptuosa aspirante a celebridade Ulla, na pele de Juliana Paes, poderá acompanhar Winits muito mais madura e consagrada como figura de teatro musical.

Nesses dez anos a loira protagonizou Xanadu, Chicago e Hairspray. O trio protagonista se completa com o iniciante no gênero Marco Luque, que contou ter feito aulas de canto desde Novembro, além de contar com o suporte de Falabella para encarar essa novidade na carreira.

O espetáculo é obra do inglês Mel Brooks, e conta a história de dois estelionatários que planejam usar a broadway para enganar e fraudar investidores. Para isso eles criam o pior espetáculo de todos. Escalam o pior diretor e o pior elenco. A história de mal gosto, Primavera para Hitler, no entanto cai no gosto do público, e inexplicavelmente eles têm um sucesso em mãos. O que se segue à partir disso é uma construção dramatúrgica que só poderia mesmo ser obra de Brooks, com um senso de humor ácido e muitas vezes considerado incômodo.

O destaque dessa remontagem nacional está em Winits, que traz uma Ulla própria, sem referências às montagens cinematográficas, ou a montagem anterior, e surpreende puxando o foco em suas cenas.

O espetáculo conta com cerca de 15 cenários, 11 músicos e 25 atores em cena. A direção musical é de Carlos Bauzys.

Serviço

Teatro Procópio Ferreira

R. Augusta, 2.823, Jardins.

Qui. e sex.: 21h.

Sáb.: 17h e 21h.

Dom.: 15h30.

Ingr.: R$ 50 a R$ 250.

150 min. 12 anos.

Texto: Tâmara Vasconcelos





#DaniélleWinits #MiguelFalabella #Musical #Osprodutores

0 visualização0 comentário
Design sem nome (63).png
  • White YouTube Icon
  • White Facebook Icon
  • White Twitter Icon
  • White Instagram Icon