• Spotify ícone social
  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram
  • Dennis Souza

Mangás Obrigatórios : Conheça Shaman King


shaman-king-yoh-e-amidamaru

Este é um dos primeiros textos de indicação de mangás que merecem ser lidos, principalmente para quem ainda não conhece bastante o gênero. Hoje em dia grande parte do público acaba conhecendo diversos títulos que acompanham por indicação de amigos, mas no entanto existem alguns mangás que já são antigos e passam despercebidos por muitos fãs e não alcançam o tão almejado status de best-seller.

Fica aqui então minha primeira indicação:

Shaman King

Shaman king é um mangá de Hiroyuki Takei  iniciado em 1998 e interrompida 5 anos depois. O mangá voltou em 2008 e encerrou completamente em 2009. No Brasil, foi lançado pela editora JBC, mas infelizmente só foi publicado por aqui até a primeira parada do autor, e até este momento não tivemos o final lançado em terras tupiniquins (#ficaadicaJBC).


shaman_king_manga-yoh-no-cemitério

Envolto em um tema muito profundo, Shaman King, é um mangá que sofreu um certo preconceito no Brasil devido à  sua temática voltada para o lado espiritual. O xamanismo foi escolhido como foco central da história porque o autor desejava explorar um tema que nunca havia sido abordado antes em um mangá. Takei disse que sua “própria personalidade” e “crenças” foram incorporadas à obra e que por ele se interessar pelo tópico “Escolher o xamanismo como tema da história parecia uma extensão natural disso“disse o autor.

Muitos não sabem, mas de acordo com Takei, o protagonista da história seria o melhor amigo de Yoh, Manta Oyamada, que é um ser humano normal no meio desses embates fantásticos do mundo Xamã, sendo assim, o autor queria fazer com que seu leitor se identificasse com o personagem e fosse envolvido pela trama tal qual o mesmo.


shaman-king-turma

Um dos motivos de eu estar aqui indicando este mangá é devido a complexidade de sua história, a qualidade de sua narrativa e roteiro e a riqueza de seus personagens. Durante toda a narrativa somos apresentados a diversos personagens, amigos e vilões, extremamentes distintos e cada um deles com sua própria história bem apresentada e aprofundada. Todos os personagens do enredo são muito bem aproveitados a cada capítulo, sem cair naquele padrão dos Shonens* de fortaceler o protagonista e esquecer o núcleo de personagens secundários. Cada vilão e assecla tem suas motivações muito bem apresentadas no decorrer da trama. Temos assim uma história que melhora a cada edição, tanto em arte quanto em roteiro, e fugindo dos clichês do gênero. Um mangá com ação que não esquece de nos presentear com uma história coesa e muito bem planejada.

Shaman King também teve sua versão para Anime em 2001. Infelizmente o anime acabou tomando um rumo bem diferente do mangá e mudou toda a história à partir da metade da animação. Chegou à ser exibido no Brasil pela Fox Kids/Jetix e na Rede Globo.


shaman-king-zero

Também ganhou um one-shot chamado Shaman King: Zero em 2011 contando um pouco sobre o passado de Yoh e de alguns outros personagens antes de serem introduzidos no mangá. Em 2012 foi lançada uma continuação da história chamada Shaman King: Flowers, que foca na vida do filho de Yoh Asakura e sua esposa Anna.


shaman-king-flowers

Esperamos que neste ano de 2016, onde se completam 10 anos da publicação de Shaman King no Brasil, tenhamos um relançamento da obra em seu formato completo junto aos seus spin-offs.

Bem, não perca tempo então e corra lá para comprar os mangás e entre nessa luta xamã você também.

#hiroyukitakei #shamankingflowers #shamankingzero #haoasakura #xamã #shonenjumpo #mangas #mantaoyamada #EditoraJBC #shamanking #anime #reixamã #shueisha #yohasakura

0 visualização0 comentário
Design sem nome (63).png
  • White YouTube Icon
  • White Facebook Icon
  • White Twitter Icon
  • White Instagram Icon