• Spotify ícone social
  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram
  • Dennis Souza

Crítica | Arranha-Céu: Coragem Sem Limite

Depois de lutar com todos os tipos de oponentes possíveis, indo de seres humanos a animais geneticamente modificados ficava sempre a dúvida: Contra o que o The Rock vai lutar agora?

Arranha-Céu: Coragem Sem Limite vem para responder isso, no filme Will Sawyer, um ex militar e pai de família se vê obrigado a lutar contra um prédio em chamas para conseguir salvar sua família do perigo.

Dwayne “The Rock” Johnson entendeu do que o seu público gosta e abusa no carisma, um traço natural dele, para criar filmes de ação com as premissas mais estranhas e que, ao final, acabam funcionando muito melhor do que se imaginaria.

Sem tempo para enrolações a ação começa logo nesse filme e com certeza vai surpreender você ao colocar o personagem Will Sawyer nas situações mais absurdas, exigindo que ele seja criativo para conseguir sair são e salvo de tudo.

Um dos detalhes mais interessantes do filme é que por conta de uma missão que deu errado no passado, Will não tem uma das pernas e usa uma prótese que vai se fazer útil em diversos momentos do filme. Afinal, se as coisas já estão facéis demais para o The Rock, vamos complicar um pouco tirando uma de suas pernas.

Apesar do conteúdo de ação ser bastante frenético, Arranha-Céu: Coragem Sem Limite encontra espaço para momentos dramáticos, para falar de estresse pós-traumático e, claro, para mostrar a importância da família e de se ter algo para continuar vivendo, mesmo quando sua vida não é mais tão interessante quanto foi no passado.

Além disso, a família de The Rock nesse filme tem um papel muito interessante, já que eles não são simplesmente os mocinhos em perigo precisando de salvamento. Com muito destaque para Sarah Sawyer (Neve Campbell), que se mostra badass em diversos momentos do filme e justifica ter sido escolhida para interpretar a esposa de Dwayne.

O filme se passa praticamente inteiro dentro de um prédio de 220 andares, então a vertigem e a sensação de estar preso a uma altura absurda estão sempre presentes, dando até calafrios para os espectadores, por Will estar sempre desafiando a gravidade e se pendurado para fora do tal prédio.

Arranha-Céu não promete nada além do que entrega, um filme cheio de ação, divertido e que abre espaço para explorar um lado mais emocional do próprio The Rock e esse é, com certeza, o seu maior mérito.


#dwaynejohnson #therock #ArranhaCéu #NeveCampbell #ArranhaCeuCoragemSemLimite

0 visualização0 comentário
Design sem nome (63).png
  • White YouTube Icon
  • White Facebook Icon
  • White Twitter Icon
  • White Instagram Icon